Arquivo do mês: abril 2010

Foz Futsal 3×5 Parana – 29 de abril 2010

Paraná Clube

Confira matéria da Assessoria de Imprensa do Paraná Clube:

Paraná bate Foz e sobe na classificação

Com uma atuação impecável, o Paraná Clube/Vale Fértil conseguiu sua segunda vitória seguida na Série Ouro do Campeonato Paranaense de Futsal ao bater o Foz Futsal por 5 a 3, na noite desta quinta-feira (29), no Ginásio Costa Cavalcanti, em Foz do Iguaçu. Com o resultado positivo, novamente longe do seu torcedor, o Tricolor Paranaense subiu da décima primeira para a oitava colocação na classificação da competição estadual.

No primeiro tempo de boa marcação de ambas as equipes, a primeira boa chance de gol foi do Paraná Clube/Vale Fértil. Bruno passou pela marcação, chutou forte e Guiga salvou. A resposta do time do interior veio em seguida com Macha, mas Fabiano fez grande defesa. Melhor postado em quadra, o Tricolor Paranaense abriu o placar aos cinco minutos. Após cobrança de escanteio, Galizé chutou e, no rebote do goleiro Guiga, Gerson mandou para as redes.

Um minuto após marcar o gol, o time paranista poderia ter feito o segundo. Na investida do goleiro Guiga, Fabiano rebateu e, no toque de Gerson, Daniel perdeu boa chance. O Foz Futsal quase empatou aos oito minutos com Xande, que aproveitou saída de bola errada do Tricolor, mas Fabiano fez boa defesa. Dois minutos depois, o Paraná respondeu bem. Diogo Moreno chutou e a bola sobrou Danilinho, que girou e Guiga salvou.

Mesmo diante da boa marcação do Tricolor, o Foz Futsal conseguia chegar com perigo ao gol paranista. Aos 14 minutos, Maçarico tentou de fora da área e Fabiano fez grande defesa. Explorando os contra-ataques, o Paraná Clube/Vale Fértil quase chegou ao segundo gol no final do primeiro tempo. No cruzamento de Galizé, Daniel apareceu no segundo pau e mandou para fora.

Paraná amplia vantagem e garante vitória sobre o Foz

Com uma marcação mais adiantada no segundo tempo, o Foz quase chegou ao empate logo no primeiro minuto com Henrique, mas Daniel salvou o Tricolor. E foi o pivô do Paraná Clube/Vale Fértil, que aos dois minutos, fez o segundo gol do Paraná. No contra-ataque puxado por Bruno, o capitão paranista mandou para as redes e ampliou: 0x2.

Mas um minuto depois, o time da casa respondeu com Mancha, que chutou de fora da área e contou com desvio em Galizé para diminuir. O gol não abateu o Tricolor Paranaense, que aproveitando-se dos espaços deixados pelo Foz, criava seguidas chances de marcar o terceiro. Galizé e Bruno, frente a frente com o goleiro Guiga, desperdiçaram boa chance de marcar.

Aos sete minutos, Villa fez boa jogada e cruzou na medida para Bruno, que chutou no goleiro. Em seguida, o Foz chegou com perigo com Renatinho, mas Fabiano fez grande defesa. Mas aos dez minutos, o Paraná Clube/Vale Fértil, em contra-ataque rápido puxado por Galizé, chegou ao terceiro gol com Villa, que escorou o cruzamento no segundo pau e marcou: 1×3.

Com o goleiro Guiga adiantado, o Foz ganhou um homem a mais para atacar. Assim, aos 11 minutos, Henrique aproveitou cruzamento e diminuiu. Três minutos depois, o time do Oeste do Estado chegou ao empate com Maçarico, que escorou cruzamento de Renatinho.

Valente e melhor em quadra, o Paraná Clube/Vale Fértil chegou ao quarto gol aos 16 minutos. Na saída errada de Guiga, Curumim e Daniel ganharam a bola e Bruno mandou por cobertura e fez o quarto. A partir dos 17 minutos utilizando Yuri de goleiro-linha, o Foz viu o Tricolor Paranaense chegar ao quinto no último minuto. No contra-ataque puxado por Galizé, Bruno escorou para Curumim marcar o quinto e decretar a vitória paranista no Costa Cavalcanti.

Fonte: paraaclube.com.br

Com quase metade dos jogos da primeira faze cumpridos (7 de 15), o Foz Futsal segue penando no estadual. A equipe está em 14º, fora da zona de classificação, com apenas 4 pontos marcados. Foram 5 derrotas do time da fronteira, que mesmo sendo um dos representantes paranaenses na Liga Futsal, corre o perigo de ficar de fora da segunda fase do Paranaense se repetir estes resultados.

Já o Paraná, apesar de estar apenas em 8º, tem grande chances de chegar às primeiras colocações, pois é a única equipe com apenas 5 jogos disputados. Se, por exemplo, o Paraná vencer as três próximas partidas (até ficar com o mesmo número de jogos do Guarapuava), o tricolor ficaria apenas 1 ponto atrás dos guarapuavanos, com 18. Sendo a equipe que menos jogou na Chave Ouro, o Paraná Clube só depende dele mesmo para chegar no alto da tabela.

CLASSIFICAÇAO

1º Guarapuava – 19 – 08
2º Copagril – 18 – 06
3º Londrinense – 14 – 07
4º Palotina – 13 – 07
5º Cascavel – 10 – 06
6º Maringa – 10 – 07
7º Marreco – 10 – 07
8º Umuarama – 09 – 05
9º Parana – 09 – 05
10º Campo Mourao – 09 – 07
11º Adeafi – 09 – 06
12º São Miguel – 07 – 07
13º São Lucas – 05 – 08
14º Foz Futsal – 04 – 07
15ºClevelandia – 03 – 07
16º Aquarius – 01 – 06

Proxima Rodada – 1o de Maio

 COLÉGIO LONDRINENSE/FEL/SERCOMTEL X CAMPO MOURÃO FUTSAL
CIAGYM/PAM/FUTSAL X PARANÁ CLUBE/VALE FÉRTIL
ADEAFI OLYMPIC GAMES X ITVALE/POSTO SOL/PALOTINA 
SÃO MIGUEL ROADSTAR FUTSAL X MARRECO FUTSAL
AQUÁRIUS FUTSAL X AEC/CAMIFRA/PREFEITURA

Anúncios

Guarapuava chega à liderança da Chave Ouro.

Mesmo com vitória magra, Guarapuava chega à liderança da Chave Ouro.

O torcedor guarapuavano esperava uma goleada, mas o que se viu no ginásio do Trianon, na quarta-feira à noite, foi um jogo de muita marcação e de falta de pontaria dos jogadores do Deportivo/ Guarapuava. Mesmo assim, a equipe conseguiu vencer o São Lucas de Paranavaí por 2×0 e ultrapassou o Marechal na classificação do Paranaense de Futsal, Chave Ouro, se tornando o novo líder da competição.

Se dentro da quadra o jogo esteve, na maior parte do tempo “amarrado”, quem foi ao ginásio Altair Büher Macedo, o Trianon, encontrou um jogo muito mais agradável nas arquibancadas. A diretoria do C.A.Deportivo cumpriu o prometido e se preocupou em não deixar que o público estrapolasse a capacidade do ginásio. Assim, os problemas de superlotação do último jogo contra o Maringá não se repetiram e o torcedor pode assistir o jogo de maneira mais confortável.

Outra ação fora do habitual foi realizada pelos torcedores, que assinaram um abaixo assinado que será encaminhado ao Ministério Público em Guarapuava, pedindo maior agilidade na liberação do ginásio Joaquim Prestes, para que a Prefeitura possa iniciar as obras de troca do piso.

O Jogo.

O time do São Lucas veio determinado a não deixar o Guarapuava jogar ofensivamente. A equipe de Paranavaí fez uma competente marcação, que não dava chances aos guarapuavanos atacarem. Além disso, faltavam jogadas rápidas o bastante para quebrar a velocidade do jogo.

A melhor chance de gol da primeira etapa foi uma bola na trave de Carrapicho, nos minutos finais do primeiro tempo que acabou mesmo em 0x0.

No segundo tempo, o Guarapuava veio forçando mais as jogadas de ataque. Mesmo assim o primeiro gol só saiu na metade do segundo tempo com Neto aproveitando uma jogada de velocidade do ataque do Guarapuava: 1×0.

Com a vantagem, o São Lucas teve que sair de sua posição defensiva e o jogo ficou mais agradável para quem estava esperando por mais gols. Boas jogadas foram criadas dos dois lados. Mas quem balançou a rede, mais uma vez foi o Guarapuava, agora com Carrapicho, que acertou um belo chute em diagonal e aumentou a vantagem.

Com a desvantagem o São Lucas colocou o goleiro linha e teve boas chances em chutes de longa distância, mas as duas melhores chances foram guarapuavanas: Japonês ficou cara a cara com o goleiro, mas chutou para fora e, nos últimos segundos da partida, Édson tentou encobrir o goleiro que estava fora da meta, mas a bola passou a centímetros do travessão. Assim o jogo terminou mesmo em 2×0 para os donos da casa.

A nota triste da partida foi o comportamento da Rádio Cultura de Paranavaí: O técnico Rafael Souza estava suspenso pela Federação Paranaense. Assim o treinador ficou na cabine de imprensa, comentando a partida junto ao narrador da rádio. Toda as vezes que o técnico comentava o repórter de quadra passava os fones de ouvido para o auxiliar técnico receber as orientações. A ação logo foi percebida por membros da imprensa guarapuavana e o árbitro foi avisado. A dúvida, agora, é se a arbitragem fará alguma notificação sobre o ocorrido na súmula da partida.

Guarapuava fica 1 ponto à frente do Marechal.

Com a vitória, o Deportivo/ Guarapuava soma 19 pontos e sobe para o primeiro lugar da Chave Ouro 2010. O segundo colocado é o Marechal com 18, mas o atual campeão tem duas partidas a menos que os guarapuavanos e que só voltam a jogar no dia 8 de maio, na cidade de Peabirú, contra o Campo Mourão.

Na outra partida da noite, válida pela Chave Ouro, a Adeafi/Foz venceu o Aquarius em Telêmaco Borba por 3×1. Os iguaçuenses foram para 9 pontos ganhos e o Aquarius segue com a pior campanha do estadual, na lanterna, com apenas 1 ponto ganho.

Recordaçao dos amigos Magno Alves e familia no deserto do Catar

SUB-20 – PARANÁ CLUBE É CAMPEÃO DA TAÇA PARANÁ –

O Paraná Clube ampliou neste final de semana o domínio do futsal paranaense sub-20. Maior vencedor da Taça Paraná em todos os tempos na categoria, o tricolor de Curitiba agora tem nove conquistas. O título de 2010 foi conquistado em casa, no domingo, com o empate em 4 a 4 com o Aquarius, de Telêmaco Borba.

O empate contra o Aquarius fechou uma campanha vitoriosa do Paraná Clube/Vale Fértil. Este foi o único empate da equipe, que tinha vencido as duas primeiras partidas do quadrangular decisivo da Taça Paraná, contra o Clube Verde (6 a 3) e o Mariópolis/Farinha Dona Hilda (7 a 2). O vice-campeonato ficou com o Clube Verde, que também venceu seus outros compromissos: 5 a 3 sobre o Aquarius e 7 a 4 sobre Mariópolis.

No soma de todas as fases, a campanha vitoriosa do Paraná Clube teve sete vitórias, um empate e uma derrota. A equipe de Curitiba teve o melhor ataque, ao lado do Clube Verde, com 43 gols, e a defesa menos vazada na média: apenas 20 gols em nove partidas. Com este desempenho o time paranista voltou a conquistar o título da Taça Paraná sub-20, após dois vice-campeonatos seguidos. “Tudo o que tínhamos estabelecido para essa fase da Taça Paraná conseguimos colocar em prática. Chegamos no último jogo com a vantagem de jogar pelo empate graças a competência do time, que venceu o Clube Verde e o Mariópolis nas duas primeiras rodadas da competição”, afirmou o técnico campeão, Vinicius França.

A única marca não alcançada pelo Paraná Clube nesta edição da Taça Paraná sub-20 foi a artilharia. Este posto foi ocupado pelos jogadores Felipe Zielinski, do Clube Verde, e Luan Floriani, do Aquarius Futsal. Ambos marcaram 20 gols durante a competição. “Esse título tem que ser muito valorizado, pois enfrentamos as melhores equipes do Estado, que chegaram na fase final com muitos méritos. Nesse último jogo diante do Aquárius, enfrentamos um time que utiliza esses atletas na Série Ouro e isso faz a diferença dentro de quadra, principalmente com a confiança adquirida nos jogos da equipe adulta”, comentou o treinador Vinicius França.
 
fonte – http://www.futsalparana.com.br/

CAMPEONATO PARANAENSE TEM DOIS JOGOS NESTA QUARTA

O Campeonato Paranaense de futsal terá dois jogos realizados na noite desta quarta-feira (28/04). Em Telêmaco Borba, Aquarius e Adeafi/Olympic Games se enfrentarão a partir das 19h30. E na cidade de Guarapuava, o Guarapuava/Vivo Celuara jogará com o São Lucas/Pédemais Calçados, às 20h30.

O jogo em Telêmaco Borba será válido ainda pela 7ª rodada da competição. O Aquarius jogará em casa na tentativa de conquistar a primeira vitória e deixar a última colocação. Por isso, a expectativa é de um bom público nas arquibancadas do ginásio Heitor Alencar Furtado. Já a Adeafi tem como objetivo os três pontos para dar um salto na classificação, chegando à área intermediária da tabela. Para este confronto as duas equipes não terão problemas de ordem disciplinar, já que não tem ninguém suspenso por cartão amarelo ou vermelho.

Já em Guarapuava a partida marcará a abertura da 8ª rodada do Campeonato Paranaense. Confronto do vice-líder da competição, o Guarapuava/Vivo Celuara, contra o 13º colocado, São Lucas/Pédemais Calçados, que vem embalado pela primeira vitória na competição. Ao time da casa a partida representa chance de recuperação, após perder a invencibilidade no último final de semana. Caso vença, o representante guarapuavano assumirá pela primeira vez a liderança, já que a Copagril/Faville/DalPonte não entrará em quadra pelo Estadual neste meio de semana.

CLASSIFICAÇÃO
1º – Copagril/Marechal – 18
2º – Guarapuava – 16
3º – Londrina – 14
4º – Itvale/Posto Sol/Palotina Futsal – 13
5º – Cascavel – 10
6º – Maringá – 10
7º – Marreco – 10
8º – Umuarama – 09
9º – Campo Mourão – 09
10º – São Miguel – 07
11º – Paraná Clube – 06
12º – Adeafi/Foz – 06
13º – Paranavaí – 05
14º – Foz Futsal – 04
15º – Clevelândia – 03
16º – Telêmaco Borba – 01

Culto de domingo 25abril Igreja do Evangelho Quadrangular de Palotina – Pastor Jorge –

Estamos participando da Igreja Evangelho Quadrangular de Palotina, do pastor Jorge, e encontramos nessa obra com Deus nosso salvador. Salmos 40. Amem

Palotina chegou à quarta colocação na classificação.

CAMPEONATO PARANAENSE TEM APENAS UM TIME INVICTO – 25/10/2010

O Campeonato Paranaense de futsal tem agora apenas um time invicto. Após a rodada do fim de semana, somente o líder Copagril/Faville/DalPonte segue sem perder na competição. As outras equipes que estavam sem derrotas ainda eram Guarapuava/Vivo Celuara e Colégio Londrinense/Fel/Sercomtel, que perderam pela primeira vez nesta 7ª rodada.

A equipe de Londrina foi derrotada pelo São Lucas/Pédemais Calçados na sexta-feira, por 3 a 1. Já o Guarapuava jogou no sábado e tinha até a possibilidade de assumir a liderança do Campeonato Paranaense. A partida foi contra o Marreco Futsal, no ginásio Arrudão, em Francisco Beltrão. E a equipe da casa fez valer o mando de quadra, marcando o único gol do jogo ainda no primeiro tempo, garantindo a vitória de 1 a 0.

Também no sábado à noite AEC/Camifra/Clevelândia e São Miguel/Roadstar fizeram em Clevelândia o jogo com maior número de gols na rodada. Foram dez no total. Mas quem mais balançou a rede foi o time visitante, que venceu a partida pelo placar de 6 a 4. Resultado que levou o São Miguel à décima colocação no Campeonato Paranaense.

No outro jogo do sábado à noite, o Itvale/Posto Sol/Palotina conquistou mais uma vitória. Desta vez pelo placar de 2 a 1 sobre o Ciagym/Pam/Maringá. Assim, o representante de Palotina chegou à quarta colocação na classificação, melhor posição ocupada até agora pela equipe.

CLASSIFICAÇÃO

Com estes resultados, a classificação do Campeonato Paranaense de futsal ficou assim: 1º) Copagril/Faville/DalPonte, 18 pontos; 2º) Guarapuava/Vivo Celuara, 16; 3º) Colégio Londrinense/Fel/Sercomtel, 14; 4º) Itvale/Posto Sol/Palotina, 13; 5º) Cascavel/Diplomata/Muffatão, 10; 6º) Ciagym/Pam/Maringá, 10; 7º) Marreco Futsal, 10; 8º) Zaeli/Gazin/Penalty, 9; 9º) Campo Mourão/Fecam, 9; 10º) São Miguel/Roadstar, 7; 11º) Paraná Clube/Vale Fértil, 6; 12º) Adeafi/Olympic Games, 6; 13º) São Lucas/Pédemais Calçados, 5; 14º) Foz Futsal/Penalty, 4; 15º) AEC/Camifra/Clevelândia, 3; 16º) Aquarius Futsal, 1.