Carlos Barbosa 1×2 Malwee,de virada., Lenizio duas vezes.

Malwee mostra eficiência no segundo tempo e vence ACBF
Luciano Bergamaschi/CBFSLenísio foi decisivo, marcando os dois gols da MalweeDe virada, a Malwee/Cimed venceu o Carlos Barbosa por 2 a 1, na tarde deste sábado (30/10), pelo jogo de ida da semifinal da Liga Futsal 2010, realizado no Centro Municipal de Eventos, em Carlos Barbosa (RS). O resultado deixa o time catarinense a um empate da classificação para a decisão do campeonato deste ano. O jogo de volta ocorrerá na sexta-feira (5/11), na Arena Jaraguá, em Jaraguá do Sul (SC). O confronto começou equilibrado e tenso. Nos primeiros minutos os jaraguaenses conseguiram chegar por algumas vezes com perigo à meta defendida por Lavoisier, que apareceu bem. Com o passar do tempo, os anfitriões também conseguiram criar alguns lances de perigo, mas o placar ficou zerado.A ACBF conseguiu abrir o marcador aos 17min10, quando Carlinhos conduziu pela direita e rolou para Pablo, que se enrolou em um primeiro momento, mas conseguiu controlar a bola e mandar para o fundo do gol, anotando seu primeiro tento nesta edição da Liga Futsal. “Fiz um gol em um momento decisivo. Fiquei quase seis meses sem jogar e consegui marcar em um instante muito importante”, comentou o jogador, autor do único gol do primeiro tempo.“Temos que melhorar no segundo tempo. Jogamos bem, controlamos o jogo no final, mas ainda temos 20 minutos pela frente”, decretou o ala Falcão, no intervalo da partida. O pedido do capitão surtiu efeito. Logo aos 21min54, Lenísio recebeu cobrança de um lateral e chutou forte, de primeira, no ângulo de Lavoisier.Após o empate, os gaúchos passaram a exercer um maior volume de jogo, porém Lenísio apareceu novamente aos 35min55, quando Valdin rolou para o pivô, que chutou rasteiro e virou o placar para os jaraguaenses. O comando do marcador por parte dos catarinenses obrigou o técnico do Carlos Barbosa, Paulo Mussalem, a colocar o fixo Rodrigo como goleiro-linha, porém o placar permaneceu inalterado e a vitória ficou com os visitantes.O time laranja precisa vencer o segundo confronto, no interior catarinense. Se isto ocorrer, haverá um tempo extra (de 10 minutos) em que o vencedor ficará com a vaga na final. Se houver empate na prorrogação o finalista será definido por meio de cobranças de tiros livres da marca do pênalti.O outro finalista será definido na próxima segunda-feira (1º/11), com o jogo de volta entre o São Caetano/Corinthians/Unip e Copagril/Faville/DalPonte. O confronto ocorrerá no Parque São Jorge, em São Paulo (SP). No primeiro duelo, os paranaenses aproveitaram o fator casa e venceram por 2 a 0.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s